• Instituto Vértebra

Rehabilitation and Exercise Following Spine Surgery

Atualizado: 21 de set. de 2021


Spine surgery is a major undertaking, and rehabilitation is an important part of helping patients get the most possible benefit from their surgery. Essentially, rehabilitation (physical therapy, exercise) can help patients recover from spine surgery as quickly and completely as possible.


It can be thought of as alignment and balance for your body. If you buy new tires for your car, they won't last as long if they are not aligned and balanced and the new tires will be a waste of money. Your spine surgery is like new tires, and a physical therapist's role is to do the alignment, balance, and engine tuning to make sure that the effects of the surgery are as positive as possible.


There are several ways that a physical therapist typically will work with a patient to help him or her get back into good physical condition and heal from the injury and back surgery.


1. Pain Control after Spine Surgery


A physical therapist is trained to help manage pain following back surgery. Controlling pain is an important first step in allowing patients to regain their strength, as it is very difficult to complete a rehabilitation program if one is in a great deal of pain.


While a certain amount of pain is common in the recovery process, there are several means that a physical therapist may use to help minimize pain, such as:

  • Ice application

  • Certain positions of the spine

  • Certain types of movements

  • Electrical devices (e.g. TENS units)

Many of the techniques for back pain relief are simple and easy to learn and can be done at home or at work throughout the day. For many patients, it is surprising to learn how much simple use of ice packs and/or changes in movements and positions can help alleviate post-operative pain.


Ideally, a physical therapist will also provide information and education to improve a patient's overall health and recovery after spine surgery through lifestyle changes, such as drinking enough water throughout the day and finding a comfortable sleeping position.


2. One-on-One Training after Spine Surgery


The therapist will typically develop a training program tailored for the patient, taking into account the patient's specific surgery, body type, and tissue conditions.

Therapists focus on muscle facilitation with areas where the muscles may need special retraining to gain strength and provide stability following the back surgery. This type of exercise therapy may focus on:

  • Muscles in the incision area

  • Muscles that may have been weakened by nerve problems before the surgery

  • Small muscles that work around each vertebra and help stabilize the spine. Most people (even those without spine problems) do not use these muscles very often. However, if these small muscles are trained properly, they can provide excellent stabilization that can protect the spine and protect the newly operated area to prevent future problems.

Individualized physical therapy may also help with areas where the patient's mobility and flexibility has been limited by spine surgery. Many spine patients have problems with restrictions in their hips or shoulders or other areas of the spine. In these cases, the therapist can help the joints and the muscles involved regain the movement in relation to an individual's body type and physical activities, and will work in the best way with the newly operated spine.

Physical therapists are trained to be sure to select movements that can be done safely around the spine surgery.


3. Exercise for Recovery after Spine Surgery


Exercise is vital to getting better after spine surgery. It is the key to eliminating fatigue, getting patients back to activity safely, and avoiding re-injury. Ultimately, exercise is critical both in helping the body heal from the original injury and in preventing (or minimizing) future episodes of back pain.


A physical therapist develops an individually tailored exercise program based on knowledge of the exact type of spine surgery, and the forces that are most beneficial for the patient's spine under different conditions. Patients will typically learn the exercises with the physical therapist and then do them on their own at home.


There are many choices of exercise available for patients. If a therapist and patient work together, they can find alternatives that will greatly benefit the patient's physical condition and capability for resuming activities to almost any level.


Patients often wonder if and when they can return to certain activities after spine surgery. A lot of that depends on how they respond to exercise and can prepare the muscles to protect the spine during that activity. The patient/ therapist team works well in this situation, as the therapist has the opportunity to observe the patient's movement and force tolerances over time.


4. Education about Exercise following Spine Surgery


With one-on-one physical therapy sessions, patients have plenty of opportunity to ask questions of the therapist. Therapists can explain exactly what changes have occurred as a result of the patient's specific surgery, and what can be done to maximize the benefits from that surgery.


Many patients ask the same types of questions about back surgery, so the therapist will usually have enough knowledge to be able to answer most questions right away. Often, if the therapist doesn't know the answer to a question, he or she can speak with a spine surgeon to get the answer. Most therapists will encourage patients to ask as many questions as possible.


Any patient's success in recovery from spine surgery depends on his or her willingness to work hard at home as well as with the therapist. Ideally, the surgery will take the patient a great deal of the way on the road to recovery, and then the patient and therapist team can work together to make the recovery the best possible.


Reabilitação e exercícios após cirurgia de coluna


A cirurgia da coluna é uma tarefa importante, e a reabilitação é uma parte importante para ajudar os pacientes a obter o máximo benefício possível de sua cirurgia. Essencialmente, a reabilitação (fisioterapia, exercícios) pode ajudar os pacientes a se recuperarem de uma cirurgia na coluna o mais rápida e completamente possível.


Pode ser considerado alinhamento e equilíbrio do seu corpo. Se você comprar pneus novos para o seu carro, eles não durarão tanto se não estiverem alinhados e equilibrados e os pneus novos serão uma perda de dinheiro. Sua cirurgia de coluna é como pneus novos, e o papel do fisioterapeuta é fazer o alinhamento, o equilíbrio e o ajuste do motor para garantir que os efeitos da cirurgia sejam os mais positivos possíveis.


Existem várias maneiras de um fisioterapeuta trabalhar com um paciente para ajudá-lo a voltar às boas condições físicas e a se curar da lesão e de uma cirurgia nas costas.


1. Controle da dor após cirurgia de coluna


Um fisioterapeuta é treinado para ajudar a controlar a dor após uma cirurgia nas costas. O controle da dor é um primeiro passo importante para permitir que os pacientes recuperem suas forças, pois é muito difícil concluir um programa de reabilitação se alguém estiver com muita dor.


Embora uma certa quantidade de dor seja comum no processo de recuperação, existem vários meios que um fisioterapeuta pode usar para ajudar a minimizar a dor, como:


• Aplicação de gelo

• Certas posições da coluna

• Certos tipos de movimentos

• Dispositivos elétricos (por exemplo, unidades TENS)


Muitas das técnicas para o alívio da dor nas costas são simples e fáceis de aprender e podem ser feitas em casa ou no trabalho ao longo do dia. Para muitos pacientes, é surpreendente saber o quanto o simples uso de bolsas de gelo e / ou mudanças nos movimentos e posições podem ajudar a aliviar a dor pós-operatória.


Idealmente, um fisioterapeuta também fornecerá informações e educação para melhorar a saúde geral do paciente e sua recuperação após a cirurgia de coluna por meio de mudanças no estilo de vida, como beber bastante água durante o dia e encontrar uma posição confortável para dormir.


2. Treinamento individual após cirurgia de coluna


O terapeuta normalmente desenvolverá um programa de treinamento sob medida para o paciente, levando em consideração a cirurgia específica do paciente, o tipo de corpo e as condições do tecido.


Os terapeutas se concentram na facilitação muscular com áreas onde os músculos podem precisar de um retreinamento especial para ganhar força e fornecer estabilidade após a cirurgia nas costas. Este tipo de terapia por exercício pode se concentrar em:


• Músculos na área de incisão

• Músculos que podem ter sido enfraquecidos por problemas nervosos antes da cirurgia

• Pequenos músculos que trabalham ao redor de cada vértebra e ajudam a estabilizar a coluna. A maioria das pessoas (mesmo aquelas sem problemas de coluna) não usa esses músculos com muita frequência. No entanto, se esses pequenos músculos forem treinados adequadamente, eles podem fornecer uma excelente estabilização que pode proteger a coluna vertebral e proteger a área recém-operada para evitar problemas futuros.


A fisioterapia individualizada também pode ajudar em áreas onde a mobilidade e flexibilidade do paciente foram limitadas pela cirurgia da coluna. Muitos pacientes com coluna vertebral têm problemas com restrições em seus quadris, ombros ou outras áreas da coluna. Nestes casos, o terapeuta pode ajudar as articulações e os músculos envolvidos a recuperarem o movimento em relação ao tipo corporal e às atividades físicas do indivíduo, e trabalhará da melhor forma com a coluna recém-operada.


Os fisioterapeutas são treinados para garantir a seleção de movimentos que podem ser feitos com segurança ao redor da cirurgia da coluna.


3. Exercício para recuperação após cirurgia de coluna


O exercício é vital para melhorar após a cirurgia da coluna. É a chave para eliminar a fadiga, fazer com que os pacientes voltem à atividade com segurança e evitar novas lesões. Em última análise, o exercício é fundamental para ajudar o corpo a se curar da lesão original e para prevenir (ou minimizar) episódios futuros de dor nas costas.


O fisioterapeuta desenvolve um programa de exercícios adaptado individualmente com base no conhecimento do tipo exato de cirurgia da coluna e nas forças que são mais benéficas para a coluna do paciente em diferentes condições. Os pacientes geralmente aprendem os exercícios com o fisioterapeuta e os praticam sozinhos em casa.


Existem muitas opções de exercícios disponíveis para os pacientes. Se o terapeuta e o paciente trabalharem juntos, eles poderão encontrar alternativas que beneficiarão muito a condição física do paciente e sua capacidade de retomar as atividades em quase todos os níveis.


Os pacientes muitas vezes se perguntam se e quando podem retornar a certas atividades após a cirurgia da coluna. Muito disso depende de como eles respondem aos exercícios e podem preparar os músculos para proteger a coluna durante essa atividade. O paciente / equipe do terapeuta trabalha bem nessa situação, pois o terapeuta tem a oportunidade de observar o movimento do paciente e as tolerâncias de força ao longo do tempo.


4. Educação sobre exercícios após cirurgia de coluna


Muitos pacientes fazem os mesmos tipos de perguntas sobre cirurgia nas costas, então o terapeuta geralmente terá conhecimento suficiente para ser capaz de responder a maioria das perguntas imediatamente. Frequentemente, se o terapeuta não souber a resposta para uma pergunta, ele ou ela pode falar com um cirurgião de coluna para obter a resposta. A maioria dos terapeutas encoraja os pacientes a fazerem o máximo de perguntas possível.


O sucesso de qualquer paciente na recuperação de uma cirurgia de coluna depende de sua disposição de trabalhar duro em casa e também com o terapeuta. Idealmente, a cirurgia levará o paciente a uma grande parte do caminho para a recuperação, e então o paciente e a equipe do terapeuta podem trabalhar juntos para tornar a recuperação o melhor possível.

16 visualizações