• Instituto Vértebra

Os benefícios da Hidroterapia - guiada por Fisioterapeutas - na recuperação pós cirurgia de coluna

Atualizado: Set 20

A hidroterapia proporciona um ambiente suave e confortável para o exercício que permite que o corpo se mova com menos peso.

Grande parte dos pacientes de acompanhamento pós operatório de cirurgia de coluna vertebral , estão convencidos de que parte da razão pela qual sua recuperação da cirurgia da coluna progrediu mais rapidamente do que eles esperavam é que eu adicionei exercícios aquáticos ou hidroterapia ao seu regime de fisioterapia.


Após a cirurgia na coluna, depois da retirada dos pontos,  a maioria dos pacientes sentem um alívio considerável em saber que o maior obstáculo de sua jornada foi resolvido, ou seja , a cirurgia. No entanto, o processo de reabilitação para restaurar uma vida forte e ativa está apenas começando. Os próximos meses de treinamento físico serão a chave para ajudar os pacientes a se recuperarem da cirurgia o mais rápido, eficiente e completamente possível.


O exercício é uma peça vital do processo de recuperação da cirurgia da coluna vertebral, não apenas para ajudar o corpo a se curar da cirurgia, mas para construir força nos músculos ao redor da coluna para minimizar as chances de re-lesão ou persistência de dor nas costas.


Não é incomum experimentar sentimentos de dor no local da cirurgia pós exercícios de baixa carga ou energia, já que o corpo não é capaz de realizar imediatamente em níveis ideais de movimentação.


Uma rotina minuciosa de fisioterapia ajudará a combater essa fadiga, aumentar os níveis de energia e humor, e lançar os pacientes no caminho de volta para uma vida saudável e ativa. Para pacientes com cirurgia de coluna especificamente, o exercício de peso em terra geralmente não é possível nos primeiros dias pós-operatórios, devido à fragilidade do corpo e à incapacidade de suportar muito mais do que seu próprio peso.


A questão então se torna: "nestas circunstâncias, como podemos agregar à coluna vertebral e todo o corpo este exercício inestimável?" esse é o valor da Hidroterapia (terapia na água). A submersão na água diminui o peso, permitindo que os pacientes apoiem completamente seu peso corporal com o mínimo esforço debaixo d'água.


O equilíbrio também é melhorado, pois a água permitirá uma maior amplitude de movimento que pode não ser possível em terra, como ficar em uma perna. O paciente é capaz de se exercitar com toda a amplitude de movimento, ao mesmo tempo em que sustenta os músculos enfraquecidos e minimiza o estresse na coluna vertebral e outras articulações.


O objetivo da terapia da água após a cirurgia da coluna vertebral é construir e manter a força muscular, flexibilidade e função geral que levará a uma recuperação mais rápida e completa. Quando os músculos que cercam e sustentam a coluna vertebral são fortalecidos dessa forma, eles serão mais capazes de suportar a coluna vertebral e os músculos envolta da coluna e, finalmente, facilitar melhor os movimentos cotidianos do paciente.


Além disso, a imersão na água proporciona uma menor sobrecarga cardíaca e ainda apresentar menor índice de dor muscular pós-exercício, sem prejudicar os resultados. Pois é, já muito tempo as hidroterapias provaram ser eficazes para tonificar o corpo, melhorar a postura e para a reabilitação de muitas doenças.


Os benefícios da Hidroginástica - guiada por Profissionais de Educação Física - na recuperação pós cirurgia de coluna vertebral e na prevenção de novas doenças.


A hidroginástica é uma atividade física aeróbica, um tipo de ginástica feita dentro na água. Ela foi concebida pelos gregos, entre eles Heródoto (466 a. C), médico grego que escreveu um tratado relacionando água com a boa saúde. Países como Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos utilizavam a hidroginástica como terapia, inclusive durante a Primeira Guerra, a Alemanha e a Inglaterra faziam da hidroginástica um alento para pessoas com lesões e traumas.


Por volta da década de 1970 chegou ao Brasil, a princípio ela foi muito praticada como forma de recuperação de pessoas que sofreram lesões durante exercícios e esportes e finalmente nos anos de 1980 como atividade física.


Os profissionais de Educação Física são habilitados a mostrar aulas de hidroginástica, que geralmente são coletivas, ao som de músicas animadas com ou sem utilização de acessórios para a prática de exercícios como: prancha, acquafins, caneleiras, luva, flutuador, halteres flutuantes, bastões, bola, entre outros.


As aulas costumam ter de 45 a 60 minutos dependendo da escola ou academia. Existem tipos específicos de ginástica para clientes que desejam fortalecimento específico de determinada parte do corpo – como deep water running.

Os benefícios da hidroginástica - guiada por profissionais de educação física, na recuperação após cirurgia de coluna vertebral e prevenção de novas doenças da coluna:

  • Melhor desempenho e condicionamento cardiovascular;

  • Melhor desempenho de coordenação motora, sobretudo para idosos;

  • Relaxamento muscular;

  • Melhora a postura;

  • Fortalece a musculatura;

  • Diminui o percentual de gordura no corpo;

  • Melhora a respiração;

  • Melhora a circulação sanguínea;

  • Contribui para o emagrecimento;

  • Melhora a flexibilidade;

  • Combate o estresse e melhora a qualidade de vida.

Para obter esses benefícios é importante fazer os exercícios certos mantendo a periodicidade das aulas, assim as vantagens serão visíveis. É preciso tomar nota de algumas dicas para alcançar esses feitos como:

  • Durante as atividades procure manter o abdômen contraído;

  • Sempre mantenha a postura ereta com a coluna neutra

  • Aumente a intensidade de acordo com seu ritmo, procure conhecer as tabelas de esforço percebido;

  • Evite se alimentar logo antes de iniciar as atividades em piscina;



6 visualizações